Lixo Não Existe no Hotel Cambridge. Um Passo Para Ir

O fenómeno da ocupação em São Paulo revela a quantidade incrível de edifícios e espaços públicos abandonados no centro da cidade. Um conflito baseado no círculo vicioso de degradação, abandono por parte dos propietários, redução da receita...

Os movimentos de ocupação e luta pela moradia reage a essa situação com a lógica da supervivencia, criando um comflito com a propriedade privada, mas trazendo também beneficios do ponto de vista social e da vitalidade do espaço urbano.

Com Lixo Não Existe, basurama tem desenvolvido tecnologias para criar intervenções urbanas em vários locais da perifería em cidades brasileiras, com mobília, parques de brinquedos e outros formatos, colaborando com comunidades de moradores e com resíduos como principal material prima.

Com motivo da gravação do filme ‘Um passo para ir’, esse processo criativo acontecerá no Hotel Cambridge, um edifício ocupado pelo movimento de luta pela moradía. Basurama participa junto com a Escola da Cidade na criação de um projeto cenográfico para o filme ‘Um passo para ir’. A cenografía, construida pelos alunos da faculdade de arquitetura e os moradores, terá uma segunda vida na ocupação após a gravação do filme.

No Hotel Cambridge, a ideia e trazer para todo um edifício e seus moradores as oportunidades já vivenciadas no contexto da perifería. Uma boa oportunidade para melhorar os espaços comunes com recursos acessíveis e conhecimento compartilhado.

Por muitas rações, a ocupação desse Hotel se justifica completamente. Seu poder para criar e melhorar juntos eficientemente o bem comum urbano é uma delas.